26 fevereiro 2008

last week




central park. sunday, the 24th feb.


Last chance for my morning capuccino at my favorite place in the West village.



My last working day gave me a great surprise: snow!




At the Star Tracker meeting, the views were superb!





From my office window, i used to see...






20 fevereiro 2008

Novidades fresquinhas:

- mais uma grande amiga que chega a "terras" virtuais:
http://engraciacardoso.com/

14 fevereiro 2008

historia de amor

No dia de Sao Valentim…ouvi uma verdadeira historia de amor.
Daquelas que deixa o coracao apertado.
De alguem que nao conheco e que desabafou.
De alguem que e' porteiro num predio onde temos uma obra a decorrer.
De alguem que alegremente me desejou : Happy Valentine!! How's your love? Ao qual eu retorqui: Great, thanks! How's yours?....
E assim desabafou.
Fiquei arrepiada de ouvir a historia da alguem que sofreu toda a vida por amor por um promessa que fez ha' muitos anos atras.
J. apaixonou-se por alguem que mal conhecia. Nao sabia no inicio que a fantastica mulher com quem andava a sair tinha o dobro da sua idade,um processo de divorcio penoso,uma filha ja’ casada e uma neta acabada de nascer.
Acabou por se envolver e conhecer a familia. Quando pensou em sair da historia foi “apanhado” em todo o enredo.
Numa viagem de carro, onde ambas as partes viajavam – ele a namorada atras, a filha desta ,o seu marido e a bebe de poucos meses a’ frente, sofreram um terrivel acidente.
J. assim que pode correu para salvar o casal mais novo.
Consegui resgatar o bebe e naquele momento de angustia prometeu a’mae da bebe,naqueles ultimos minutos de vida desta que seria responsavel pela crianca.
Ambos faleceram. A suposta namorada de J. salvou-se.
Hoje a menina tem 10 anos. J. casou-se com a mulher mais velha com quem andava a sair e adoptou a menina como sua.
Nao ama a mulher que ja’ ultrapassou os 70 ha’ muito. Sofre por nunca ter tido oportunidade de ter criado uma familia sua , mas sorri quando diz:
Talvez um dia, quando a minha filha ja’ for grande.

color in brooklyn


11 fevereiro 2008

inedito!!

Eu nao estou a exagerar ao afirmar que hoje foi o dia mais frio que enfrentei aqui em NY, e sim va', na vida.
Porque esta, nunca me tinha acontecido!
Entao nao e' que....:
Sai' de casa de manha como de costume, com o cabelo ainda humido (e' impossivel o meu cabelo secar completamente por mais que lhe de' com o secador).
Passados uns meros metros, passo com a mao no cabelo e ele estava : CONGELADO!
Sim!! Congelado!!!!!Estava duro!
Parecia que o tinha borrifado todo com laca! (mas uma senhora laca!!)
Belo dia para me esquecer do gorro.....

08 fevereiro 2008

visitas

As minhas amigas "americanas" ja' se riem quando digo que tenho mais uma visita la' em casa.
E digo ja' porque':
A B. que chegou neste ultimo sabado foi a visita numero: 20!! E tenho mais duas agendadas para Marco!
Parece loucura, mas e' verdade. Desde que me mudei para Queens em Setembro de 2006, que tive o previlegio de ter recebido 20 amigos la' em casa. Minto: muitos amigos e um ou outro conhecido. :)
Muita confusao. Muitas visitas guiadas. As recomendacoes de sempre. E sem duvida; momentos unicos.
Este surto de visitas, maioritariamente de Portugal, ja' levou a algumas observacoes erroneas pela parte dos meus colegas de trabalho que agora julgam que Portugal e' um pais onde se vive muito bem e onde ha bastante dinheiro porque toda a gente viaja. E contra factos, realmente nao ha' argumentos, embora todos nos saibamos como as coisas sao.
E' engracado como as "visitas" acabam por ser tao diferentes e por nos marcarem sempre de forma diversa. Uns muito arrumadinhos, outros nem tanto, uns que enchem os frigorifico, outros que trazem lembrancinhas da terra... - ja' houve cerelac, bacalhau, bolinhos de doce de ovos, jornais, livros, ate' um tabuleirinho da festa dos tabuleiros de Tomar !
A casa adquire outro cheiro, a sala tranforma-se numa salaquartoroupeiroarrumos. A casa de banho revolve-se. Veem-se coisas que nunca se tinham visto antes pela cidade.
No fim, depois de tanta confusao, (porque o trabalho nao p'ara e as semanas adquirem um stress redobrado), a casa, mais calma, parece triste de vazia.

01 fevereiro 2008

gostos...




Esta, ou antes este tem sido a causa da minha falta de tempo para bloggar, sair ou basicamente pensar em alguma coisa de jeito para alem do trabalho. Ok. Nao faco directas, nem fico no escritorio para alem das 8.30 da noite como muitos fazem ou eu propria fazia ha uns tempos atras. Mas sao horas massacrantes, sofridas, que me toldam a cabeca e a poem fora de sitio.
Este senhor comprou um apartamento na Broadway com a 12th st e contractou-nos para a remodelacao. Cada vez que o dito cujo vem a’ cidade, avisa com devida antecedencia, e o meu patrao encontra-se com cicrano fora do escritorio em local a decidir. O escritorio vira-se as avessas porque tudo tem de estar prontinho para sua excelencia olhar de raspao pelas folhas durante os 2 minutos que sejam. E como o colega do lado esta’ de ferias em Miami, e restam duas aves raras que comecaram ha’ pouco a trabalhar, cabe-se a mim a tarefa de fazer o layout do projecto do dito cujo. Plantas, cortes, o layout para as casas de banho, para a cozinha….( sim : este senhor tem direito a urinol e tudo! E daqueles antigos, grandes! sera' que foi demasisada a confidencia?). E verdade seja dita: um mau gosto que e’ de bradar aos ceus! (a imagem escolhida transmite muito do falo..se bem que, assim sendo , acho que contractou o patrao certo… ).

Bem, adiante.. Finito o trabalho (por agora) apetece-se deixar-me mensagensinhas entre as folhas , tal qual ex-fa desesperada: hello zach! I hope you have enjoyed your week….” I HAVEN'T!

E porque dar-se tanta importancia a esta gente? Eu ate acho uma certa piada ao moco...confesso. Ou antes... aos dialogos que interpreta no Scrubs, porque nunca vi mais nada. Mas e' demais.
Eu pensava que a malta dos "Estates" por ter tanto actores famosos como cozinheiros, quase, que estes eram tratados como gente comum. Nao! 'E pior. O culto da celebridade. enfim....

Ah! Mas no outro dia, toca o telefone no escritorio, atendo e uma voz potente de autentico trolha do outro lado da linha pergunta:

-Hello? Is Michael there?
-It's Matt Dillon.

AAAAAAhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!! juro que ia mandando uma gritinho estridente!


Contradisse-me foi? :)