28 fevereiro 2011

sunday, 7.00 am


i have no idea what a wekeend is mummy....

23 fevereiro 2011

I've been INSPIRED once again...  Sooo many projects in my head right now!

20 fevereiro 2011

18 fevereiro 2011

passeio ...










Um passeio pela manha na vizinhanca... Castanhos e verdes continuam a predominar...mas o despontar de cor ja' se sente!

16 fevereiro 2011

Engracia


Nao posso deixar de fazer referencia ao trabalho de uma amiga querida patente na Galeria Gomes Alves em Guimarães. Cada vez me surpreende mais...

15 fevereiro 2011

12 fevereiro 2011

Ando a tentar criar espaço e tempo para mim. Porque desde que o D. nasceu, o tempo que tenho disponibilizado para mim mesmo tem sido...zero. E como a minha ma' disposição e o cansaço já' se começavam a traduzir, a mudança tinha de vir. Por isso, e como ficou agora estabelecido disponho de um dia por semana ( ja' não 'e mau) para sair do trabalho e fazer...literalmente o que me apetece... já' que o D maior vai buscar o D mais pequenino.
O desapego tem sido mais difícil do que imaginava... e este pequenino tem-me preenchido de forma absoluta. Para meu total prazer confesso.
Esta semana encontrava-me perto de Holand Park e chovia... a tentação para entrar no metro como de costume e fazer a viagem diária foi alguma mas consegui resistir. Pela primeira vez desde ha' muito entrei num Starbucks (ok ...nao sou assim tao exigente..) e com um capuccino e um muffin de chocolate (let's endulge ourselves...just because...you're worth it! ) desfolhei o jornal do costume e respirei de felicidade perante um encontro simpático com alguém que já' não via há' muito: Eu.
Algo embaraçada por me encontrar sozinha numa mesa ( ha' quanto tempo!) sem nada aparente para fazer a não ser tomar o meu café e comer o meu bolinho, olho em redor visivelmente atonita sem saber bem por onde começar Para onde ou para quem olham as pessoas quando se encontram assim momentaneamente sozinhas? Não ha' coisa pior do que encontrar sozinha numa mesa sem nada que fazer. Não há duvida de que ja' ninguém se sabe comportar quando simplesmente se esta'.... Ou pegamos num tlm e desatamos a reler as mensagens enviadas ou a apagar as que entopem a caixa de entrada...ou ligamos a alguém nem que seja a tua mae com quem ja' falaste 2 vezes hoje...ou no caso de quem sente que tem uma pontinha artística ate' porque estudou artes no secundário e embora a vida o tenha afastado dessa vida por pura casualidade nunca largou o habito de trazer o caderninho para o que der e vier , saca do mesmo e rascunha qualquer coisa. Desde ha' muito que o desenho no meu caso tem sido substituído por um texto. Tipo isto que agora faço. Muito 'a onda de querido diário de uma adolescente de 15 anos. Mas sabe bem. Naquele dia porem desfolhei o jornal que felizmente alguém tinha deixado em cima da mesa e ainda me ri com o artigo da Laura Craik .. Nao, por acaso o D. nem dorme muito connosco...um bocadinho talvez...mas quando todos gostam de opinar sobre a regra e o que se deve ou não fazer na educação de uma criança e num mundo onde todos parecem ser peritos e levar na perfeição a árdua tarefa, 'e bom ouvir quem admita que faca o que precisamente não se deve.
Enjoying the weekend.

Growing...



cherinhos de portugal



A semana passada veio a voar ate' n'os esta andorinha.... obrigada D!

05 fevereiro 2011

cor


Je t'aime!


spashes of colour


Todas as sextas feiras tenho o dia para mim e para ele. Um previlegio que cada vez aprecio mais. Esta' grande, reguila, vivaco...os dias sao uma constante animacao. Derreto-o de mimos e ele a mim.







03 fevereiro 2011

same old

OK...Eu sei que ja' la' vao anos a ouvir e a citar este senhor.... mas que texto... all my blood for the sweetness of her laughter?
aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhh ja' nao se fazem destes....

Ok...i know it's been years listening and talking about the same man....but what lyrics...
all my blood for the sweetness of her laughter?? gosh....they don't produce these any more, do they?



Looking out the door
I see the rain fall upon the funeral mourners
Parading in a wake of sad relations
As their shoes fill up with water

Maybe I'm too young
To keep good love from going wrong
But tonight, you're on my mind so
You never know

Broken down and hungry for your love
With no way to feed it
Where are you tonight?
Child, you know how much I need it.
Too young to hold on
And too old to just break free and run

Sometimes a man gets carried away,
When he feels like he should be having his fun
Much too blind to see the damage he's done
Sometimes a man must awake to find that, really,
He has no-one...

So I'll wait for you... And I'll burn
Will I ever see your sweet return?
Oh, will I ever learn?
Oh, Lover, you should've come over
Cause it's not too late.

Lonely is the room the bed is made
The open window lets the rain in
Burning in the corner is the only one
Who dreams he had you with him
My body turns and yearns for a sleep
That won't ever come
It's never over,
My kingdom for a kiss upon her shoulder
It's never over,
all my riches for her smiles when I slept so soft against her...
It's never over,
All my blood for the sweetness of her laughter...
It's never over,
She's a tear that hangs inside my soul forever...

But maybe I'm just too young to keep good love
From going wrong
Oh... lover you should've come over...

Yes, and I feel too young to hold on
I'm much too old to break free and run
Too deaf, dumb, and blind
To see the damage I've done
Sweet lover, you should've come over
Oh, love, well I'll wait for you
Lover, you should've come over
'Cause it's not too late.


Lover, you should've come over, Jeff Buckley.

01 fevereiro 2011