18 abril 2006

Esta apresentacao de fotografias sem nexo, prende-se acima de tudo ao facto de ainda nao ter adquirido uma maquina digital e de reciclar desta forma as poucos fotos que tenho em formato digital...
A primeira coisa que dizia que iria comprar aqui , passou a ser a ultima, ou nem isso, porque nao arranjei $ suficiente para comprar e ja nao me parece que o faca antes de me ir embora... Better days will come , right?
A proposito ja vos disse que ia para Portugal neste sabado??
Quem quiser encomendar alguma coisa , " feel free to do it ! " . Fico a' espera.
ai saudaditas!!!!


Central Park.

14 abril 2006



Spring has arrived! (tem dias..)

13 abril 2006

coffee.expresso.bica.cimbalino...

Tal como todos os portugueses/europeus não dispenso um bom cafezinho de manha e á hora de almoço...
Eu tenho a sorte de trabalhar num escritório de italianos que tem uma máquina italiana de fazer café expresso e que sempre que posso, uso e abuso.
Senão...estava tramada!
Digamos que quem iria ficar contente com o café daqui, era a minha mãe - que não toma café, toma cevada, e tem de ser fraquinha. -
O único sítio onde ainda consigo ter a minha dose de contentamento e' no Starbucks...onde o expresso já se assemelha á nossa "bica", mas....( c'est pas la même chose..)
Tudo isto porque descobri um blog novo ao qual achei alguma piada e que relata tudo sobre cafés...
Nao deixa de ter piada imaginar a reacção inversa... alguem que está habituado a esta água de cevada e se depara em Portugal com uma forte mistela numa chávena tão piquena...

12 abril 2006


Desde sempre que ouvi o termo " terra do tio Sam" como uma referencia 'a America.
"Mas que raio... quem e' ou quem foi ao certo esse gaijo?? ".
Como estava cheia de trabalho aqui no gabinete, resolvi dar uma expreitadela na net...E descobri!
O tio Sam foi ...

11 abril 2006


o meu "piquêno" foi operado hoje...
tadito...sozinho num quarto do hospital sem se poder mexer...

"bem, o pior já passou....já falta pouco!"

Em garden city park

09 abril 2006

Ando a ver se colecciono locais porreiros para se tomar um saturday "brunch" .
Hoje deliciei-me com o " Cafe CentoSette" na 11th com a 2nd Aven. ( experimentem as panquecas!!! ). A seguir fui conhecer a mais famosa bakery aqui da zona ....a "Magnólia" na East Village. Um sítio pequeníssimo, que nem mesas tem para uma pessoa comer descasadamente, mas que é peculiarmente conhecida pelos "cupcakes", e pelos doces em geral. O que é certo, é que caía chuva a cântaros , e havia uma fila de pessoas á chuva para entrar no estabelecimento. Depois de um brunch daqueles , a vontade de ingerir mais alguma coisa não era muita, mas não foi preciso muito para me convencerem a ir tb conhecer as iguarias da famosa pastelaria..


E foi tãoooooooooo boooooom !!!

ps - A dieta começa amanhã.

08 abril 2006

Vou pensando na vida enquanto este senhor me vai pondo mais bem humorada...
que saudades que eu tinha disto...
27 anos feitos há pouco e ainda numa luta constante em vigar no mercado de trabalho....
era suposto? não há dúvida que a nossa geração é feita de ambiguidades...
Viajamos.Temos liberdade de expressão.Igualdade entre sexos.Facilidade quase ilimitada de comunicação.Aprendemos diversas linguas.Temos acesso á cultura.ao divertimento....e depois...
Falta-nos direitos básicos como a estabilidade laboral, financeira e emocial que nos permite ter uma base sólida de arranque para uma vida dita "normal".


Para desanuviar, uma lufada de ar fresco...

06 abril 2006

Sendo uma das principais funções no escritório atender o telefone, já me acostumei a nomes estranhos...Mas não pude deixar de rir quando hoje me liga um senhor que se identificou como: "I´m Ali. Ali Baba."

05 abril 2006


A loja da Prada em Nova Iorque! Um verdadeiro espanto!
02-04-2006

Histórias de nova-iorquinos prestáveis

Voltando aos nova-iorquinos que cada vez me surpreendem mais...
No sábado passado quando sai para ir ter com os portugas deparei-me com a seguinte situação:
História 1:
Saio de casa ás 9.30 da noite para apanhar o metro nº 6 e sair na Astor place.
Pormenor : esqueci-me de por o telemovel a carregar que está farto de apitar "com fome" e que dai a nada se desliga...
Chego ao metro e está a imensa gente do costume. Aproxima-se um metro...numero 4 ...( não era o meu..) , mas toda a gente entra.
Uma senhora negra de aprox. 40 anos, magra, feia, que me vê parada sem a iniciativa de entrar no dito cujo, dirige-se rapidamente a mim e diz: "Entre!! Para onde quer ir?" E eu explico..".Entre! hoje só há este metro ! Eu levo-lhe lá!!" continua ela...e eu....entrei!
Passou o resto do tempo a explicar-me o motivo daquelas mudanças de itinerários de metros , o que devo fazer para prevenir, e inclusivé em que carruagem deveria entar para sair logo junto á saida. Falou, falou....e eu calada entre um misto de medo e admiração ia ouvindo...
Perguntou-me de onde era porque tinha um sotaque engraçado...
O que é certo , é que o comboio parou exactamente onde queria e voltada para a porta de saida.
Abençoada!
História 2:
Na noite anterior tinha estado quase na mesma situação...Estava de novo sozinha á espera de uma ligação que nunca mais chegava depois de uma noite de cinema, enquanto ouvia o vagabundo do metro a tocar a sua guitarra..
Depois de dois comboios passados e sem nunca mais chegar o meu , o vagabundo dirige-se a mim e diz: "hoje não há o 4...tem de apanhar outro metro..."
E foi assim...sem eu pedir nada .
Notas: Este fim de semana foi de facto extra-ordinário em relação ás minhas desorientações. Normalmente já me desenrasco bem sozinha. Valeu-me de lição para começar a prestar mais atenção aos avisos..

04 abril 2006

vivam os blogs!!

Não há dúvidas que estas novas tecnologias são um verdadeiro espectáculo no que toca á comunicação!
Prova disso foi a noite de sábado onde conheci , deixa lá ver se não me engano.... - Inês, Cátia, Marta, Carla, Pedro, Ricardo e ....o italiano...(que me perdoe, mas não me lembro..).
Portugal em grande em N. Y.
Votos a um começo de grandes festarolas e grandes amizades!
Um bem haja!

Ao virar da esquina