28 fevereiro 2012


Ao contrario do que se possa pensar, a verdade e' que nunca tive grande jeito para miudos. Nao me derretia quando via bebes... Achava ridiculo aquela fala que nao fala que entoa uns sons adocicados e encurta as palavras na tentativa de estabelecer dialogo. Ficava inerte quando me via no meio deles sem saber bem como reagir.
Mas sempre pretendi ter uma familia numerosa.... ter um irmao/irma com poucos anos de diferenca que sao os meus melhores amigos/ confidentes deram-se essa certeza.
A maternidade com todos os seus ups and downs tem-me saido da pele como costumo dizer...Com ou sem jeito, o que e' certo, e' que os miudos la' vieram e sao agora o meu mundo, a minha ocupacao diaria, nocturna...num trabalho cheio de horas extras, sem interrupcoes, noites e fins de semana incluidos...e muito mal pago. :) Ou talvez nao... Se contarmos com todos os momentos deliciosos que vamos testemunhando..." mas eles nao teem birras? perguntava-me uma amiga no outro dia.." e' que pela maneira como escreves nao parece.." (as ingenuas ilusoes dos mundos aparentemente perfeitos dos blogs ....da qual tb sou vitima por vezes..),. CLARO  que sim!! e sao mal educados as vezes e teem manias que nao compreendo... e acordam demasiadas vezes a' noite e por vezes so' da' vontade de fugir....mas...depois la' vem um sorriso laroca, uma gargalhada do pequeno ..um momento de ternura e tudo se esquece e sao a estas coisas que me agarro.
Sei que e' apenas uma fase que passa e que tenho o resto da vida para tudo o resto.
E e' um "trabalho" que exige mais imaginacao do que alguma vez imaginei....desdobro-me em pensamentos sobre como entreter o mais velho para poder fazer qq coisa em casa...e assim que lhe encontro entretem ( ex: vamos fazer uma cara de recortes na janela! vamos cortar broculos aos bocadinhos...) dura cerca de 10 min e o entusiasmo passa...QQ dia escrevo um blog com tudo aquilo que ja' inventei para o entreter...

27 fevereiro 2012

Vivo no centro de Londres numa zona menos simpa'tica , mas ao contrario do que seria de esperar, o ruido que nos acompanha e' tudo menos urbano.... E' frequente ouvir bandos de gaivotas a sobrevoarem os predios com o tipico chilrear. Podia fechar os olhos e facilmente me imaginar a' beira mar. Para alem disso, tenho uma horta comunitaria mesmo nas traseiras do meu predio, com patos, galinhas, gansos etc ...Frequentemente estou em casa a trabalhar com a banda sonora de animais do campo...

26 fevereiro 2012

these days....




                                                ....baking.....loving....tidying up... and loving again...

21 fevereiro 2012

me

                             .                   .......on my 5 min family break.......

09 fevereiro 2012

honestidades

Uma vantagem de estar aqui 'e que ninguem percebe o David quando este fala portugues..o que pode dar muito jeito...ou eu morria de vergonha! No outro dia chamou macaco a um senhor (porque era preto...)..Hoje quando entrou um senhor muculmano no infantario com os seus devidos trajes, diz o David: Mae..aquele senhole e' feio! ..
Na rua tb disse o mesmo quando oassamos por uma velhota: Mae...aquela senhola e' feia!

Yacs...

07 fevereiro 2012

There's something about being at home that one can only feel once you've been through it. The sense of achievement.
I've spent my whole life criticizing my mum only to find out now why she never did what averyone's been telling her all her life: to have a rest.
And still...here i am with two kids happily taking a nap after lunch....,  with just a few hours slept from an awful night with a demanding baby....and i can't go to bed . I have to to somehting out of these precious silent hours... Dinner, tiding up? Laundry? Writing! Sewing!
It's that sense of achievement that you need to have in the of the day.
Isn't it mum?

06 fevereiro 2012

Fim de semana



Adoro estes fins de semana que convidam ao aconchego familiar...





.... a experiencias com algo de novo...


                                                       .... a receitas novas bem sucedidas (strawberry cheese cake)...

                                                                Quero mais destes!

02 fevereiro 2012

Estao 2 graus negativos la' fora e tenho um bebe quentinho a dormir profundamente aqui no quarto e que rapidamente se vai ter de por pronto para enfrentar o gelo la' fora. Gorro, Casaco forte, Luvas para ambos, um saco ao ombro cheio do mesmo e afins para um terceiro que vamos buscar. O vasco sai assim de casa ...ao colo...dentro do sling que me emprestaram quando o david nasceu e que ja' aperta e pesa com o agrave dos casacos de inverno. enfrentamos 20 min de caminhada ate' ao infantario do mais velho.
Usualmente o David vem a caminhar, ou na trotinete, ou empoleirado no carrinho do irmao...Mas depois de uma manha na brincadeira, quer dormir, quer conforto. E enfrentar 20 min de frio e' dose. Hoje veio ele no carrinho e o irmao ao colo. Por vezes e' o contrario. E eu...de metro e meio...la' venho nao sei como..com os dois. Chegar. Subir 2 lances de escadas umas 3 vezes. Uma com o pequenino enquanto o outro espera la' em baixo. Uma com o maiorzinho enquanto o outro grita la' em cima. Outra com as compras ou o carro se houver pachorra, senao fica mesmo onde esta'. No corredor a' merce de quem passa, ate' que o D. o traga.

yesterday

Nothing better to put a huge smile back in your face, than walking alongside a school packed with children playing outside at the exact moment when it starts to snow.

I don't think i ever heard "IT'S SNOWING!!!!" so many times....
.