14 fevereiro 2008

historia de amor

No dia de Sao Valentim…ouvi uma verdadeira historia de amor.
Daquelas que deixa o coracao apertado.
De alguem que nao conheco e que desabafou.
De alguem que e' porteiro num predio onde temos uma obra a decorrer.
De alguem que alegremente me desejou : Happy Valentine!! How's your love? Ao qual eu retorqui: Great, thanks! How's yours?....
E assim desabafou.
Fiquei arrepiada de ouvir a historia da alguem que sofreu toda a vida por amor por um promessa que fez ha' muitos anos atras.
J. apaixonou-se por alguem que mal conhecia. Nao sabia no inicio que a fantastica mulher com quem andava a sair tinha o dobro da sua idade,um processo de divorcio penoso,uma filha ja’ casada e uma neta acabada de nascer.
Acabou por se envolver e conhecer a familia. Quando pensou em sair da historia foi “apanhado” em todo o enredo.
Numa viagem de carro, onde ambas as partes viajavam – ele a namorada atras, a filha desta ,o seu marido e a bebe de poucos meses a’ frente, sofreram um terrivel acidente.
J. assim que pode correu para salvar o casal mais novo.
Consegui resgatar o bebe e naquele momento de angustia prometeu a’mae da bebe,naqueles ultimos minutos de vida desta que seria responsavel pela crianca.
Ambos faleceram. A suposta namorada de J. salvou-se.
Hoje a menina tem 10 anos. J. casou-se com a mulher mais velha com quem andava a sair e adoptou a menina como sua.
Nao ama a mulher que ja’ ultrapassou os 70 ha’ muito. Sofre por nunca ter tido oportunidade de ter criado uma familia sua , mas sorri quando diz:
Talvez um dia, quando a minha filha ja’ for grande.

5 comentários:

Drifter disse...

Bem... Que história arrepiante...

Claudette Guevara disse...

Djizas...

Mia disse...

Mas tu já o conhecias ou dissete "Hi how are you doing" e ele contou essa história toda?!
Fiu...

ss disse...

Ja' o tinha visto uma vez antes.
Ele e' sul-americano, portanto quando lhe disse que era portuguesa e que entendia o espanhol, nunca mais me largou...

Carla Morais disse...

caramba...coitado!...